Cometa    
Login: Senha:  Esqueceu a senha?   Cadastre-se
 
       
Digite abaixo os dados de seu e-mail para acessá-lo:

E-mail:

Senha:

 
O que você procura?

Pesquisa avançada
 
 

 

 
SmartSection is developed by The SmartFactory (http://www.smartfactory.ca), a division of InBox Solutions (http://www.inboxsolutions.net)
Notícias > Notícias em Geral > Conhecimento e Sabedoria
Conhecimento e Sabedoria
A palavra é um dom de todos. Tem vida própria. Comunica, autoriza, desautoriza, impõe, declara, doutrina, significa também compromisso. A sabedoria significa conhecimento, prudência, previsão, maturidade, chega inclusive ao julgamento por deter o saber.

A sabedoria se adquire com capacidade, não com idade. Muitas vezes a idade chega, a experiência e a maturidade não lhe acompanham.

Conta a fábula o diálogo do Abade franciscano e o sábio, da mulher que encontrou em sua cama e das barras de ouro que encontrou no deserto, sua atitude consequente - havia se controlado - não violado suas convicções.

O sábio parabenizou-o e disse: acabaste de definir com a máxima profundidade sabedoria. Conviveu com paixões, sem matá-las. Conseguiu controlá-las.

Nesta trilha podemos separar os conceitos de conhecimentos e sabedoria. De qual lado está a pessoa com quem você convive. O ideal do sábio está relacionado com a concepção de que a sabedoria não é somente o homem que sabe, mas o homem que sabe e tem a experiência.

O sábio é o que possui todas as condições necessárias para juizos reflexivos e maduros, sem paixão e sem precipitação. Por isto mesmo é também chamado de prudente, o ajuizado.

Todas as paixões exageram: é justamente porque exageram que são paixões. Suas paixões fazem o homem viver. Sua sabedoria faz o homem durar, pérolas do pensamento de Nicolas Chamfort, escritor francês.

Uma pessoa inteligente resolve um problema, um sábio previne, visão de Einstein. Para Confúcio, sabedoria se ganha de três maneiras: primeiro, por reflexão, a mais nobre; segundo, por imitação, a mais fácil; terceiro, por experiência, a mais amarga e custosa.

O escritor e traumaturgo americano T. S. Eliot faz as seguintes reflexões: onde está a sabedoria que nós perdemos no conhecimento? Onde está o conhecimento que nós perdemos na informação?

Quais meditações deixamos: que Deus nos reserve serenidade para aceitar as coisas que não podemos mudar, coragem para mudar aquilo que podemos e sabedoria para distinguir as duas.

A imaginação é mais importante do que o conhecimento - Einstein.



Aucélio Gusmão
Médico
  Veja em artigo em formato PDF Imprimir artigo Enviar artigo

Navegue pelos artigos
Artigo prévio Conflitos e a boa solução Construção do amanhã Próximo artigo
 

Importação e Exportação Cometa Ltda.
Rua Dom Pedro I, 255 - Centro - Boa Vista - Roraima